Você sabe como lidar com emoções no local de trabalho, afim de minimizar seus possíveis impactos?

Afinal de contas, ter um ótimo currículo e habilidades naquilo que você faz, não garantem seu emprego.

Você precisa saber como se portar e agir no ambiente de trabalho, melhorando suas relações interpessoais.

Sendo assim, é importante saber gerenciar e controlar suas emoções e impulsos, não deixando que estes afetem sua carreira.

Independentemente, de seus sentimentos estarem relativos ao próprio ambiente.

Ou, relacionados a sua vida pessoal. Uma bagagem que você não deveria carregar quando sai de casa.

Então, para saber mais sobre seus impactos e como controlar estes, confira o artigo.

Impactos Da Falta De Controle Emocional

Quando falamos de impactos, nos direcionamos as consequências que nossas atitudes podem gerar.

Por exemplo, ser cobrado e pressionado no trabalho, ficando mais nervoso e menos produtivo.

Desse modo, não realizando suas tarefas a tempo. Ou até mesmo, entregando um trabalho de baixa qualidade.

Mas, a falta de autocontrole pode ser ainda pior. Isso porque, existem aqueles que explodem e destratam seus colegas ou chefe.

Isso acontece porque, não somos ensinados a ter autoconhecimento. Ou seja, a identificar a origem de nossos comportamentos e reações.

Logo, quando se tem menor consciência de suas atitudes, é mais difícil ter controle emocional.

O que acaba modificando nosso posicionamento no trabalho. Uma vez que, esse ao invés de ser estimulado, acaba sendo prejudicado.

Pois, maturidade e estabilidade emocional são as características de liderança que irão impulsionar sua carreira.

E não, a falta de controle, a incapacidade de lidar com terceiros e não saber trabalhar sobre pressão.

Os 3 Perfis Profissionais Mais Perigosos

Existem então, três perfis de profissionais que demonstram que não sabem como lidar com emoções no local de trabalho. Sendo eles:

  • Passivo: é aquele funcionário que aceita qualquer coisa, evitando os conflitos. Mesmo que, para isso precise reprimir o que sente ou pensa.
  • Hostil: o tipo de pessoa irritadiça, impaciente e incômoda, que tem reações explosivas e se expõe de forma negativa.
  • Sonso: por último, vemos o funcionário que é sarcástico e até mesmo irônico, que revida. Ou seja, que tenta prejudicar aqueles de quem não gosta.

Se você se identificar com qualquer um desses perfis. Está na hora de rever seu posicionamento no local de trabalho.

Impedindo assim, que suas atitudes prejudiquem sua carreira, modificando-as.

Como Lidar Com Emoções No Local De Trabalho

Então, agora você sabe os impactos que a falta de autocontrole pode gerar em sua carreira.

Portanto, abaixo irei demonstrar como lidar com emoções no local de trabalho, em alguns passos simples.

  1. Responsabilidade: aceite que suas emoções, ao invés de apenas apontar um culpado para elas.
  2. Comunicação: quando houver um impasse ou certo conflito com algum colega de trabalho, exponha aquilo que sente de forma educada e clara.
  3. Argumentação: explique para seu colega aquilo que lhe incomoda, mas, sem criticar ou avaliar este. Mostrando então, os impactos que a situação pode causar a ambos.
  4. Cooperação: busque a ajuda dele para modificar a situação, demonstrando seus benefícios e alternativas. Bem como, inclua as sugestões deles para o desenvolvimento dessa relação.
  5. Comprometimento: mostre sua gratidão pela compreensão encontrada, e faça sua parte para alcançar essa mudança.

Mas, é claro que pode parecer uma utopia conseguir essa colaboração. Exatamente por isso, que irei agora das outras dicas para você.

Sendo assim, atitudes individuais que você deve praticar no ambiente de trabalho.

6 Práticas Para Lidar Com Emoções No Trabalho

  • Autocontrole: buscar formas de encontrar seu próprio equilíbrio através da inteligência emocional. Evitando assim, que situações de conflitos lhe impeçam de progredir ou acabem em reações negativas para sua carreira.

  • Desenvolva capacidades: aprenda a ter mais foco para realizar suas tarefas, independentemente se você gosta delas ou não. Sendo assim, importante aprender a deixar as questões pessoais fora desse ambiente.

  • Afaste o que é tóxico: existem ainda, pessoas que lhe fazem mal e elas precisam ser retiradas de sua vida. Isso porque, elas irão usar seus pontos fracos contra você mesmo, desestabilizando seu emocional. Caso ela esteja em seu próprio trabalho, evite o contato, estreitando esse para as necessidades profissionais e nada mais.

  • Trabalhe em equipe: entenda que nem tudo pode ser feito sozinho, bem como, a respeitar as diferenças no ambiente de trabalho. De o seu melhor sempre e deixe cada um fazer sua parte, sem você tomar conta.

  • Lide com ofensas: não absorva as críticas negativas que alguém possa vir a fazer. Escute e não reaja, mas, evite dar crédito para coisas irreais, ditas apenas para lhe atingir. Quando, não há razão naquilo que é dito por terceiros.

  • Tenha empatia: mas, se você mesmo tem seus próprios desafios emocionais. Entenda que outros podem então, passar pelos mesmos problemas de falta de autocontrole. Portanto, tente compreender e se pôr no lugar dos outros, ao invés de reagir de forma negativa e infundada.

Conclusão

Vimos neste artigo, que saber como lidar com emoções no local de trabalho pode ser uma tarefa difícil.

Porém, se faz importante para sua carreira e bom posicionamento dentro desse ambiente.

Já que, é preciso demonstrar a capacidade de ser um bom líder. Caso deseje se tornar um futuramente.

Além disso, praticar a inteligência e controle emocional, permitem a você o desenvolvimento do/a:

  • Autoconhecimento;
  • Realização de metas;
  • Conquista dos seus objetivos;
  • Destaque profissional;
  • Aprendizado e atualização;
  • Comunicação e escrita;
  • Adaptação as mudanças no mercado.

Ainda possui alguma dúvida sobre este assunto? Conte para nós nos comentários e compartilhe nas redes sociais!