O mindfulness, também conhecido em português como atenção plena, é uma prática de execução individual e interna.

Assim sendo, um conceito que visa desenvolver a capacidade de focar no presente. Ou seja, de vivenciar o momento atual com total atenção. 

Sempre ao perceber e vivenciar cada um de seus sentimentos, emoções, pensamentos e estímulos corporais. 

Mas, sem reagir a isso de forma automática e sim, ao se importante com o que está vivendo e fazer isso da forma mais consciente e lúcida possível.

No entanto, você sabe quais são os benefícios dessa prática? Continue lendo e descubra como praticá-la!

Quais São Os Benefícios Do Mindfulness?

A prática de desenvolver a atenção plena é algo muito importante, pois, nos torna mais conscientes de nossa vida.

Uma vez que, através dela conseguimos viver o aqui e agora verdadeiramente. Mas, você sabe como isso pode lhe beneficiar no dia-a-dia?

  • Redução do estresse: a capacidade de se concentrar no presente auxilia a controlar os níveis de cortisol. Assim sendo, o hormônio responsável pelo estresse e que influencia na ansiedade.
  • Sono tranquilo: além disso, quando o mindfulness atua na manutenção do bem-estar, o que permite nos ajuda a dormir melhor. Ou seja, é possível reduzir os quadros de insônia.
  • Melhoras cognitivas: essas funções se beneficiam da prática, uma vez que, vemos melhorias na memória de trabalho e no desempenho do raciocínio.
  • Foco elevado: para atingir uma atenção plena é preciso concentração, certo? Logo, essa capacidade pode ser utilizada de diversas formas, pois, passamos ter maior controle cerebral.
  • Inteligência emocional: se vivemos o aqui e agora de forma mais consciente, automaticamente passamos a nos conhecer melhor, a desenvolver o autocontrole e outras características dessa inteligência.

Além desses benefícios, o mindfulness aumenta nosso lado criativo e idealizador, bem como, melhora nossas relações interpessoais.


Mindfulness e Sua Prática

Então, agora que você já conhece os seus benefícios, iremos mostrar como funciona essa prática!

Mas, vale lembrar que existem diversas técnicas de atenção plena. Portanto, você deve escolher aquela que mais lhe agrada.

  • Respiração: existem aqui diversas técnicas ajudam você a atingir esse estado. Em geral, elas são mais utilizadas para o controle do estresse, ansiedade e para elevar a concentração. Uma vez que, através de seu uso você manter a calma e a tranquilidade, consequentemente, elevando sua concentração. 
  • Meditação: uma técnica antiga e que pode ser feita em diferentes momentos do dia, para iniciantes até mesmo 5 minutos já ajudam. A princípio, busque meditar em ambientes claros, calmos e silenciosos, aos poucos você verá que será possível fazer isso em qualquer lugar.
  • Yoga: há quem atinja a concentração plena através dessa atividade física, pois, seu princípio é basicamente o mesmo. Ela visa desenvolver suas capacidades corporais que vão desde autoconhecimento até o foco. Logo, essa prática pode lhe tornar mais disciplinado e propenso ao mindfulness.

Conclusão

Portanto, o mindfulness é uma capacidade de viver o aqui e agora com mais concentração, calma e consciência. 

Desse modo, use a organização para facilitar essa prática, ao eliminar as distrações que atrapalham sua produtividade pessoal e profissional!

Ainda possui alguma dúvida sobre este assunto? Deixe-a nos comentários para que possamos esclarecer a você.