Já reparou como é difícil mudar hábitos, por menor e menos impactantes que eles sejam em sua vida?

O grande problema é que toda essa dificuldade desmotivar muitas pessoas. Logo, elas acabam desistindo de tentar, pois, acabam acreditando que é “impossível” mudar.

No entanto, é importante persistir na tentativo de modo a impedir que esses males prejudiquem tanto vida pessoal, quanto profissional!

Quer saber por que é tão difícil mudar hábitos? Continue lendo descubra por que e como mudá-los.

Por Que É Tão Difícil Mudar Hábitos?

Sabe quando você diz que vai acordar cedo, mas, o despertador tocar e vira para o lado para dormir mais meia horinha?

Ou até mesmo, toda vez que vai sair se apronta em cima da hora e chega atrasado? Hábitos assim são prejudiciais e muito mais difíceis de mudar do que pensamos.

Diversas pessoas apontam como falta de disciplina, contudo, mudar hábitos está relacionado a mudança de estruturas cerebrais.

Ou seja, a forma como ela lida com padrões comportamentais armazenados. Por isso, pode ser tão difícil mudá-los.

Logo, esses males surgem até mesmo de forma espontânea, através do piloto automático existente em nossa mente.

Para modificar esses hábitos é preciso de determinação. Uma vez que, mudar algo tão enraizado não se mostra uma tarefa fácil, porém, possível!

Além disso, essa mudança traz inúmeros benefícios na vida, já que irá determinará diversas capacidades, tais como:

  • Produtividade;
  • Desempenho;
  • Qualidade de vida;
  • Bem-estar;
  • Autorrealização.

Isso porque só de ser mais produtivo, você consegue controlar melhor seu tempo e, consequentemente, você pode utilizá-lo de forma melhor.

Vale lembrar ainda que mudar hábitos auxilia na vida financeira também. Já que você consegue trazer mudanças positivas que lhe deixam mais perto da estabilidade.

Se É Tão Difícil Mudar Hábitos, Como Contornar Isso?

Portanto, ao envolver questões psicológicas a mudança se torna mais difícil, logo, primeiro é importante entender duas coisas.

  • Gatilho: é algo que ocorre, uma situação, um barulho ou qualquer outro tipo de estímulo que leva seu cérebro a ficar em modo automático. Isso faz com que aquele hábito prejudicial entre em cena.
  • Rotina: quando tudo mencionado acima acontece, aos poucos esse comportamento cria um padrão que rapidamente se torna uma rotina.

Desse modo, um dos primeiros passos para conseguir mudar, é buscar reconhecer quais são seus hábitos prejudiciais no dia-a-dia.

Em seguida, analise cada um em busca de possíveis gatilhos. Pois, é exatamente aí que você deve trabalhar.

Isso porque ao descobrir um gatilho, retomamos o poder da nossa mente, o que torna possível a capacidade de moldar nossas estruturas cerebrais.

Ou seja, você irá modificar esses gatilhos ao inserir novos padrões. Estes devem inserir novos comportamentos que sejam benéficos.

Conclusão

Em resumo, é tão difícil mudar hábitos porque isso envolvem muito mais que disciplina, mas sim, padrões mentais comportamentais.

Assim sendo ativados por gatilhos que nos levam automaticamente a agir de determinada forma. Contudo, é possível modificar isso ao introduzir novos gatilhos.

Desde que eles se direcionem a criação de hábitos mais positivos e benéficos que antes!

Gostaria que mais pessoas se beneficiassem desse conteúdo? Então, compartilhe-o nas redes sociais.